20 edições do Curso de Francês para Enfermeiros!

Ana Bela Cabral

Ana Bela Cabral

Quando há 2 anos organizámos o primeiro curso de Francês para Enfermeiros, não imaginávamos o percurso que nos esperava. Na próxima semana terá início a 20.ª edição!

Do meu lado, sabia que partíamos de uma base sólida: as muitas horas de trabalho passadas a traduzir artigos científicos da área da Enfermagem, os dias em cabina na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, os muitos projectos realizados no âmbito das ciências médicas… Não partíamos do zero, a enfermagem não nos era linguisticamente estranha e tínhamos um corpo de Formadores excepcional. Porque não?

O plano do primeiro curso foi construído com a preciosa ajuda dos primeiros alunos que nos transmitiram as suas principais preocupações e com a humildade de quem dá o seu melhor. Resultado: até hoje, à excepção dos cartazes de divulgação publicados nas redes sociais, nunca foi preciso publicitar o curso! Os alunos chegam por indicação dos colegas e por sugestão de algumas agências de recrutamento.

Embora se dediquem algumas horas às revisões de gramática (a maioria dos alunos só teve francês no 3.º ciclo e, por conseguinte, perdeu o contacto com a língua há alguns anos), o curso é eminentemente prático, baseado na oralidade. A N/ preocupação é que o/a enfermeiro/a fique apto a comunicar oralmente com os pacientes, os colegas e o restante pessoal hospitalar. São simulados diversos diálogos com pacientes em situações tão diversas como a admissão hospitalar ou a preparação do paciente antes das intervenções de enfermagem. De igual modo, e com base em casos clínicos reais, são simuladas à exaustão as tão temidas passagens de turno entre colegas. O preenchimento de alguns formulários hospitalares e planos de cuidados também não foi esquecido.

A outra vertente prática do curso está orientada para a preparação da candidatura: carta de motivação, CV Europass sem máculas, entrevista de emprego (à data de hoje, temos uma bateria de 34 perguntas fornecidas por agências de recrutamento). Nada fica esquecido! A causa deles passa a ser a nossa.

Em Maio de 2011, começou a grande aventura do e-learning! Confesso que fui das mais resistentes… Não aceitava a distância e a intromissão das tecnologias. Depressa me rendi. A solução criada com zelo e empenho, baseada numa Plataforma assíncrona (com centenas de exercícios e material de referência) e nas aulas por videoconferência, em tempo real, através de uma ferramenta fidedigna e eficaz (não é Skype!), que permite, entre outras coisas, a partilha de documentos, vídeos, desktops, a visualização conjunta e simultânea de todos os alunos tem originado excelentes resultados! Mais uma aposta ganha.

E depois veio o Inglês… E o Alemão…

Os N/ Formadores – de origem – têm sido incansáveis: Elisa Carvalho, Ângela Ribeiro, Gorete Lopes, Betina Rebelo, Sílvia Martins, eu própria…

Hoje, vão chegando os postais e os e-mails com notícias e fotos, da França, da Bélgica, da Suíça… São os N/ meninos. São os N/ Enfermeiros! A eles devemos este sucesso. A eles agradecemos!

Ana Bela Cabral
Coordenadora dos Cursos p/ Enfermeiros

Partilha esta publicação

Comentários recentes

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *